Aprecie as paisagens congelantes do Canadá.

Atualizado: 6 de Ago de 2019


Puxa o zoom... nesse post sobre nossa viagem para Canadá. Tudo muito lindo e frio, rss. Vamos começar com pequenas dicas necessárias.

Temperatura: Em Ottawa choveu um pouco, pouca neve e as temperaturas variavam de 5 a -3 C. Mont Tremblant bastante neve e a temperatura -3C. Montreal dias lindos de sol e muita neve com temperaturas -5 a -18C. Quebec dias de sol e muita neve com temperaturas de -15 a -23C.

Dica de roupas: Para suportar frios intensos compre casacos por camadas. Importante é comprar casacos de acordo com as temperaturas que irá pegar em sua viagem. São três camadas:

1) Peça térmica: o aquecimento deve ocorrer de dentro para fora, já que o calor do corpo possa ser aproveitado e evitar que a temperatura do ambiente passe a barreira. Importante é deixar a pele seca. Evitando que umidade do ambiente ultrapasse.

2) Aquecer: o objetivo da segunda camada é aquecer e deixar mais quente o corpo. Pode ser lã, cashmere,fleece,...

3) Casaco impermeável: deve ser escolhido de acordo com sua atividade ou necessidade. Pense sempre que esse casaco tem que ser impermeável e que não passe vento. A neve é bem úmida e o casaco não pode deixar que essa umidade esfrie seu corpo.

Assim como parte superior do corpo tem camadas de casacos, a inferior também. Pode usar calça jeans? Nós usamos sim, porém deve colocar meias próprias e usar as camadas. Sapato tem que ser bota impermeável e forrada. Compre tudo no Brasil, pois as roupas no Canadá são caríssimas. Indicamos: Decathlon, The North Face e Columbia. Não esqueça cachecol, protetor solar (neve queima pele), hidratante facial (recomendamos manteiga corporal Armazém & Aroma) e labial, luvas e gorro que cubra os ouvidos (venta bastante). Pense sempre nos casacos tecnológicos apesar de serem mais caros, são mais eficazes, duráveis e leves.

Pegamos uma promoção de passagem área de São Paulo a Montreal. A passagem saiu por R$1.629,00 ida e volta. Com uma escala na Cidade do México. Alugamos um carro para ficarmos alguns dias. Ficamos um pouco apreensivas, pois nunca tínhamos dirigido na neve. Assistimos alguns tutoriais. Foi muito tranquilo e não tivemos nenhum problema com isso. Outra dica senão tiver internet é baixar o mapa off-line da região que irá conhecer ou compre o chip easysim4u. Não precisa alugar GPS faça tudo pelo celular. Fizemos o seguro pelo cartão Platinum o que economiza bem. Chegamos por Montreal pegamos o carro no aeroporto e fomos direto para Ottawa aproximadamente 2 horas de viagem e sem pedágios. Estrada bonita e ótima.


Visto:

Portadores de passaporte europeu apenas necessita do ETA (aproximadamente U$$ 7,00), já passaporte brasileiro precisa do visto americano ou canadense (via aérea). Por via terrestre necessário visto canadense!!!! Atente-se as conexões!!!




Ottawa (1/12/18 a 3/12/18): Nos hospedamos no hotel The Business Inn. Tem uma taxa de estacionamento. Um hotel simples, ótima localização e com café da manhã muito bom e prático. Os pontos turísticos dá fazer tudo a pé. Ottawa dá para fazer um bate e volta também. Não recomendo ficarem muitos dias. Infelizmente a cidade a noite tem algumas pessoas estranhas e deve manter uma atenção.


O que visitar: Ponte Alexandra, Colina do Parlamento, Rideau Canal, Fairmont Château Laurier, Peace tower, ByWard Market, Catedral Notre Dame e os museus.

Vale a pena fazer um tour no Parlamento que é muito lindo por dentro e por fora. Subir na torre para ver a vista da cidade. A visita dura de 30 a 40 minutos. Trocamos o ticket (gratuito) na hora em um prédio na frente do parlamento. Tem vários horários de entrada. O ByWard tem bastante restaurantes e pubs. Lugar bem charmoso para passear. A cidade de Ottawa tem muitos shoppings com restaurantes de rede internacional e lojas.




- Mont Tremblant (passamos o dia): pegamos o carro bem manhã e fomos até Mont Tremblant. De viagem foram 2 horas. Passamos por paisagens lindas e pegamos bastante neve. Foi tranquilo dirigir e as estradas muito bem sinalizadas. O melhor de tudo que não teve nenhum pedágio. Chegando a Mont Tremblant estacionamos no primeiro estacionamento do centro histórico e era gratuito. Para quem for para Ottawa ou Montreal vale a pena conhecer essa cidade com estação de esqui. O teleférico para subir na pista era em torno de 99.00 dólares canadense o dia todo . Como não esquiávamos, só ficamos observando as lindas paisagens e andando pela cidadezinha. Na entrada de Mont Tremblant tem um teleférico gratuito vale a pena subir e descer nele para ver a paisagem da cidade do alto. Caminhar por tudo para ver o comércio local. Vale a pena passar o dia lá. Tem um lago maravilhoso e muitas lojinhas. Lugar bem charmoso. Uma dica comprar Maple Syrup, um xarope canadense feito arvore típica de lá. Pode encontrar em forma de pirulitos e balas.




Montreal (3/12/18 a 6/12/18): saímos à tardezinha de Mont Tremblant a Montreal. Devolvemos o carro no aeroporto de Montreal e fomos de Uber até o apartamento que alugamos. Era um ótimo apartamento na rue crescent 1420. Tinha uma vista incrível da cidade e a localização ótima. Muitas lojas internacionais e restaurantes por perto que fechava as 22:00 hs. Bastante estação de metro aos arredores. Nesses dias em Montreal utilizamos apenas metro. A cidade é muito linda e segura. Vale a pena ficar uns 5 dias inteiros. Bastantes atrações interessantes. O pouco tempo que ficamos deu para aproveitar bastante, mas caso tenha mais tempo indicamos a ficar mais dias. Locais que não pode deixar de conhecer em Montreal: